quarta-feira, 14 de maio de 2008

Why did you stop?

And trade what it could have been, for what already is?

"No, girl. I’m not the one for you. But it doesn’t mean that we can not dance."

Hold my hand and let it cross into dust!

Let your particles mold your form
and shape the wind…
…wrapped still in my tears.

Hold me tight in your sadness!
And let my dreams fall asleep…


To Mortisa

1 comentário:

mortisa disse...

eu dançarei quando voltar a encontrar o ritmo. Quanto a taquicardia passar e o todo voltar a ter a mesma melodia que conheço.

O pó descansa hoje no peito que deixou de me pertencer, um dia haverá mais barro a ser moldado, ou talvez haja agora e não me apetece moldar.
Quero encerrar-me durante uns tempos, e curar-me da queda...


Beijo
*